Entrevista: Thiago Rocha, apresentador da Rede TV, fala sobre sua carreira e desafios do mundo artístico

quinta-feira, 20 de março de 2014 | Postado por: Allisson Marques | 0 comentários

Thiago ao lado de Gugu Liberato e Ester Rocha, do "O Fuxico"
Após passagens importantes por programas de TV, Thiago Rocha é, hoje, um nome importante na Rede TV. Um dos apresentadores do "Morning Show", Thiago pode ser visto em dois horários, diariamente, além dos domingos. Repórter especializado em cobrir o mundo das celebridades, é dono dos melhores picos de audiência da atração e, graças as suas matérias, fez o programa encostar no SBT nos últimos dias.

Thiago é humilde, não gosta de ser chamado de "destaque" do programa, deixa claro que o sucesso do "Morning" só acontece por causa da boa equipe e elenco bem afinado.

Em visita ao Ceará, Thiago se divertiu e, antes do café da manha deste domingo, 23, conta para nossa equipe, com exclusividade, como está sendo sua passagem pela capital da terra do sol e fala um pouco sobre sua carreira de sucesso.

Thiago, primeiramente quero agradecê-lo por nos conceder essa entrevista. Fale um pouco para nosso leitor sobre sua carreira. Como tudo começou?

Imagina, Allisson, é um prazer. Comecei sonhando em ser apresentador. Como essa profissão não tem nos classificados dos jornais, percebi que para ser apresentador seria necessário ou que eu conhecesse o dono ou fosse eu mesmo o apresentador. Como minha família não tem nenhuma ligação com o meio artístico, decidi pegar o dinheiro que eu ganhava  trabalhando como balconista e alugar equipamentos para promover shows em uma bairro vizinho de onde moro. Deu certo e de lá passei a apresentar eventos até que fui convidado para ser repórter do telegrama legal

Como foi trabalhar com o Ratinho?

Trabalhar com o Ratinho foi muito gratificante. Estar ao lado e aprender diariamente com um dos mais importantes comunicadores da TV brasileira não tem preço.

E o Morning Show? O programa tá indo muito bem de audiência nesse novo horário, inclusive encostou no SBT esses dias com matérias suas. Como vê esse sucesso e repercussão da atração, onde você é um dos maiores destaques?

Desculpe, Allisson, mas vou discordar de você. Não sou um dos maiores destaques do programa, não. O grande destaque do programa são os apresentadores que se completam. Cada um domina muito a sua especialidade e, é claro, o Zé Luiz, figura tarimbada no rádio paulista dá um show na condução do programa. Fazer o Morning está sendo um grande barato. Programas desse tipo são pouco comuns na TV brasileira. Repare que na TV brasileira o comum é um, no máximo 2 apresentadores. No Morning a gente coloca o telespectador na nossa conversa como se ele estivesse ao nosso lado.

Continuo achando que você se destaca, principalmente por suas matérias diferenciadas, com direito a "ao vivo" com o Silvio Santos, onde você até o imitou e cantou. Sua entrevistas tem sempre um diferencial, levando aos artistas situações e "gincanas" que o tiram do lugar comum. Quais suas inspirações, quem você gostava de assistir na TV ou quem você admirava nas reportagens sobre o mundo artístico?

Posso dizer que tenho sido privilegiado por Deus e por meus amigos da produção. Tenho feito matérias com grandes personalidades do Brasil. Silvio Santos, Ivete Sangalo, Ana Hickmann, Gugu Liberato, Celso Portiolli, Alexandre Pires e tantos outros que se fosse te contar, essa entrevista não terminaria. Amo os comunicadores que abriram espaço para a TV que temos hoje. Chacrinha, Bolinha, Barros de Alencar, Jota Silvestre, Carlos Imperial, e tantos outros são meus ídolos, mas lhe confesso que sou fã do estilo de apresentar do Silvio Santos, Gugu e Portiolli. Na minha opinião são três estilos que são impecáveis.

Com quem você sonha trabalhar na TV? Não vale dizer Silvio Santos. Com quem você não gostaria de trabalhar na TV? Não vale o Amim Khader.

Putz, trabalhar na TV... complicado viu... Eu deixo fluir e acontecer. Mas com quem eu não gostaria de trabalhar, seria com algum programa que subestimasse a inteligência do telespectador, falando mentiras.

Você curte reality show, claro. Participaria da Fazenda? O que você não faria, jamais, em sua carreira?

Eu curto muito. Principalmente "A Fazenda", porque depois que o povo famoso bebe, eles saem da casinha e acabam confessando coisas que em entrevista alguma confessariam. Quem sou eu para dizer que "dessa água não beberei", mas como na fazenda só recrutam famosos, tenho certeza que se eu tivesse que entrar, entraria no "BBB", porque lá os anônimos são bem vindos. Kkkkk

Para finalizar, quero saber de sua relação com Fortaleza. O que mais curte aqui? Vê algo da nossa TV? Quais os locais que visitou, ou gostaria visitar em nossa cidade?

Olha, minha relação com Fortaleza começou em Maceió, à convite da banda Cavaleiros do Forró fui até a capital de Alagoas para a gravação de um DVD e lá conheci um figura chamado Billy Bob, grande produtor da TV cearense. Bem humorado, bom papo e um ser humano daqueles que a gente leva pra vida toda. Fortaleza é demais. Eu amo os passeios gastronômicos daqui, e diga-se de passagem, meu lugar preferido quando estou em terras cearenses é a "Churrascaria Sal e Brasa" (Na foto ao lado, Thiago Rocha e Billy Bob jantam no "Sal e Brasa). Saio rolando de tanto que como lá. Nessa minha vinda tive a oportunidade de conhecer também o pré carnaval. Adorei também o show da Rossicléa na Lúpus Bier e é claro que um passeio de barco para conhecer a orla de Fortaleza é indispensável. Sobre a TV regional, sou fã do Ênio Carlos e digo com todas as letras que é um desperdício somente o povo do nordeste ter o privilegio de assisti-lo. Ênio merecia estar em rede nacional porque eu não tenho nenhuma duvida que ele seria um estouro de audiência.

Em tempo, Thiago anuncia para amanhã, entrevista com o apresentador e empresário Gugu Liberato, com revelações importantes. O "Morning Show" inédito vai ao ar às 18h45 pela Rede TV. 

Twitter: @TudoDaTVCE
Facebook: 


categoria: , , , , , , , , , , , ,

0 comentários