'Avenida Brasil' vai bem no México e surpreende na Argentina, mas não emplaca na Colômbia e Perú

terça-feira, 11 de março de 2014 | Postado por: Allisson Marques | 0 comentários

A novela de João Emanuel Carneiro é a mais vendida de todos os tempos.

"Avenida Brasil" já ultrapassou 125 países e está rodando o mundo.

Na Argentina, sem dúvida, tem seus melhores resultados beirando os 20 pontos de audiência e ganhando resumão nas noites de sábado, sempre liderando e elevando em mais de 50% os índices dos horários em que é exibida. A Telefe, emissora líder no país, tão feliz por essa audiência, já estreou a novela "Insensato Coração" como substituta de "Avenida".

Semelhante a isso, no Chile, a novela que foi exibida a tarde por lá, foi líder isolada e fechou com médias que variaram entre 12 e 14 pontos. Na faixa das 15h pelo Canal 13, outras telenovelas brasileiras não passavam de 8 pontos de média.

No México, país onde não se imaginava que a novela pudesse ocupar o horário nobre, a trama estreou na faixa das 21h30 e passou a ser a principal novela da TV Azteca. Não só a principal, como a maior audiência do canal. A Azteca Trece, com "Avenida Brasil", atinge média de 10 pontos, contra 26 da Televisa (Canal das Estrelas). Parece pouco, mas não é. A novela que era exibida até o começo de fevereiro não passava dos 6 pontos de audiência. Já a Televisa, que antes chegava a até 31 pontos, estacionou abaixo dos 30 e sente dificuldades de crescer.

Se nesses países os executivos das emissoras comemoram a compra da novela, na Colômbia e Perú, não.

Os colombianos, num primeiro momento, aceitaram a novela enlatada em pleno horário nobre, algo que não é comum por lá e a trama até liderou por alguns dias, em sua exibição pelo canal RCN, vice-líder no pais. Mas, dias depois, os números não são mais tão bons quanto antes e a novela chegou a se distanciar muito da emissora líder no país.

No Perú, o sucesso mexicano "Corazon Indomable" dificulta a vida de Carminha e Nina. A diferença entre as duas tramas chega, em certos momentos, a até quase 20 pontos, colocando a novela brasileira em situação difícil.

Nosso e-mail: allissonmarques@hotmail.com
Nosso Twitter: @AllissonMidia
Nosso Facebook: Facebook.com/AllissonMarques

categoria: , , , , , , , , , , , ,

0 comentários