Apresentadora exagera na informalidade

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 | Postado por: Allisson Marques | 0 comentários


Taís Machado, titular do "Pode Contar" da Nordestv, precisa ter cautela quando o assunto é espontaneidade.

Nem tudo pode ser dito, como o errado não pode ser ensinado. Banana, por exemplo, não vem do cacho. Isso é a uva. Banana vem da penca.

Mas se isso parece pouco para quem lê esse texto, então pergunto o que leva a moça a falar que as pessoas usam lâmina de barbear para raspar as "partes"? Grosseria, mau gosto e excesso de liberdade. Imagina a criança assistindo com a mãe e perguntando: "mamãe, o que é raspar as partes?"

Tudo no seu tempo.

Taís mostra que é uma boa profissional e dedicada, parece uma máquina de trabalho. Sempre gravando pra cima e pra baixo, esforçada e simpática. Passa no vídeo uma agradável imagem, mas o pé no freio, em certos momentos, pode ajudar bastante.

Tomara que a dica sirva para melhorar, não para chatear.

Nosso e-mail: allissonmarques@hotmail.com
Nosso Twitter: @AllissonMidia
Nosso Facebook: Facebook.com/AllissonMarques

categoria: , , , ,

0 comentários