Opinião: alô, Jangadeiro Animal. Cuidado!

sábado, 15 de abril de 2017 | Postado por: Allisson Marques | 0 comentários


O alerta de hoje vai para o programa "Jangadeiro Animal" das manhãs de sábado na TV Jangadeiro.

Assistindo a atração notei alguns erros que precisam ser corrigidos.

Primeiro: é preciso tomar cuidado com a locução dos textos. Os offs, quase sempre, são ruins de entender. Quem se propões a falar qualquer coisa na TV, necessita cuidar da voz, da clareza de sua dicção, para que todo o público entenda.

Segundo: que tal produzir conteúdo próprio? Apesar de fofo, os bichinhos mostrados no programa são quase sempre raças internacionais e suas imagens vem de conteúdo externo. Coisas que achamos facilmente nas plataformas de vídeo. Seria simpático produção local própria para um programa que é local. Faz sentido.

Terceiro: o texto também precisa de uma maior criatividade. Assisti ao programa e fui "dando Google" no que ia sendo descrito nos VTs e, facilmente, achei os textos bem próximos do que eu ouvia em sites na primeira tela de buscas. Oh, mas como assim?

Quarto: que tal usar e abusar dos caracteres? No programa de hoje, a raça Pastor de Shatland, por exemplo, me deixou bem confuso. Como a locução era conflitante, não clara, precisei procurar o nome na internet para saber do que se tratava e como se escrevia. Isso não pode. Não custava nada colocar ali, na tela, para o telespectador saber sobre o que estava aprendendo.

No mais, parabenizo o programa por tentar se diferenciar dos formatos já existentes e deixo essas dicas para uma maior valorização do espaço super importante que é ocupado e pela audiência da atração, que não raramente chega ao primeiro lugar, merecedora de um maior cuidado.

Nosso Twitter: @AllissonMidia

Nosso Facebook: Facebook.com/AllissonMarques

categoria: , ,

0 comentários